segunda-feira, 15 de julho de 2013

EXAGERO GERAL

As cenas protagonizadas em Joinville teve culpados de ambos os lados. Esse da foto, que está caído, é o jornalista Diego Carvalho, da Aguante Comunicação, que presta assessoria de imprensa para a Chapecoense. O trabalho dele, aliás, é muito bom e profissional. O problema está no comportamento dele, tanto que boa parte da mídia de Chapecó não tem bom relacionamento com o rapaz. Não o conheço, nunca conversamos, e estou distante para dizer quem tem razão ou não. Em Joinville, houve excessos, tanto que a PM não precisa dar um mata-leão numa pessoa que estava rodeada e dominada por inúmeros policiais. Há relatos que o Diego Carvalho teria provocado a arbitragem no intervalo, insultado torcedores do Jec, etc. O referido jornalista também não é credenciado da Acesc e sim da ACEG, a entidade gaúcha. Chapecó é SC ou RS? Ele tem por obrigação se filiar à entidade catarinense e isso a própria Chapecoense já deveria ter exigido do profissional citado. Já o árbitro Jeferson Schimidt exagerou nas ordens e poderia ter evitado essa cena toda. Enfim, todos falharam, exageraram, e proporcionaram cenas lamentáveis de uma violência gratuita.

4 comentários :

Anônimo disse...

deixe de ser hipocrita,só teve um culpado e foi esse cara que causou a confusao toda,foi pedido pra ele se retirar, e ele se fez de bobo e permaneceu no local,onde a policia foi solicitada a fazer a reterirada dessa pessoa que claro como a imagens mostram nao quis sair, (causando a confusao toda),vcs da imprensa gostam muito de apontar mas nao olham pro proprio umbigo,se ele tivesse aceitado a sair nao teria acontecido nada,ja que gostam de cobrar tanto dos outros pq vc nao cobra do seu colega de trabalho entao?

Mário Medaglia disse...

Caro Polidoro, tem gente misturando alho com bugalhos, cartões com cassetetes

João Bastos disse...

Correto mesmo é postar como anônimo !!! Realmente são covardes !!!

Paulo disse...

Covardes mesmo, pois até para postar não são capazes de se identificar !!!